Comunicado Covid 19

ORIENTAÇÕES GERAIS DE PROCEDIMENTOS DURANTE EVENTO DE PANDEMIA PELA COVID19


INTRODUÇÃO


A situação de pandemia frente à disseminação do novo corona vírus e do aumento exponencial dos casos positivos para CoVid-19 no Brasil, a Sociedade Brasileira de Patologia (SBP), com a missão de representar seus associados e oferecer-lhes suporte técnico-científico e profissional, busca trazer orientações específicas para os médicos patologistas nos diferentes cenários em que estes atuam. Vale lembrar que as orientações de biossegurança habituais devem ser sempre seguidas, pois elas existem exatamente para evitar transmissões de patógenos aos profissionais de saúde. Estamos diante de uma doença nova, então os mecanismos de sua fisiopatologia ainda estão sendo totalmente esclarecidos então as orientações podem ser alteradas à medida que novos fatos sujam e sejam comprovados. Todavia como o patógeno é um vírus de família já conhecida se sabe como proceder em algumas situações e muito já é conhecido diante da mobilização realizada pelos profissionais de saúde, e dentre eles cabe destacar nosso papel enquanto patologistas, cujo cerne é além de prestar dados fundamentais ao tratamento clínico, vai além gerando o conhecimento necessário que contribui para o tratamento e prevenção, informando sobre os achados que porventura surjam.

Em nossa prática vamos estar diante de quatro tipos de pacientes

 Paciente sabidamente positivo para CoVid-19

 Paciente sabidamente negativo para CoVid-19

 Pacientes suspeitos para CoVid-19

 Pacientes com status desconhecidos para CoVid-19

Líquidos cavitários:

O SARS-CoV-2 já foi detectado no trato respiratório superior, inferior, bem como isolado em espécimes de lavado bronco alveolar, sangue e fezes. Não se sabe exatamente por quanto tempo o vírus sobrevive fora do corpo. Portanto no momento líquidos cavitários e equivalentes cabe tomar as precauções de biosseguranças habituais para processamento. Os profissionais que forem manipular a amostra devem usar: gorro, óculos de proteção ou protetor facial, máscara cirúrgica, avental impermeável, luvas, sapatos fechados e cabelo curto ou preso. Como medida adicional se recomenda que os laboratórios que não utilizem agentes fixadores prévios (como álcool 70 por ex) considerem estabelecer novos protocolos nesse sentido, uma vez que este procedimento diminui a chance de transmissão.

Citologia esfoliativa (cervicovaginal ou outra) e de meio líquidos: São procedimentos que não geram aerossol e previamente fixados, portanto proceder normalmente. Nos casos de meio líquido, em casos de paciente sabidamente negativos, proceder normalmente, nos outros casos considerar risco biológico 2 e seguir os procedimentos recomendados. Os profissionais que forem manipular a amostra devem usar: gorro, óculos de proteção ou protetor facial, máscara cirúrgica, avental impermeável, luvas, sapatos fechados e cabelo curto ou preso.

Biópsias e peças cirúrgicas: As amostras que se destinarão a processamento histopatológico devem estar previamente fixadas em Formol tamponado (recomenda-se considerar tempo de fixação de 24h) podem ser consideradas seguras de se manipular, lembrando que as precauções de biossegurança tradicionais ainda devem ser usadas. Os profissionais que forem manipular a amostra devem usar: gorro, óculos de proteção ou protetor facial, máscara cirúrgica, avental impermeável, luvas, sapatos fechados e cabelo curto ou preso.

Procedimentos per operatórios (congelação):

Procedimentos per operatórios em pacientes sabidamente positivos, suspeitos ou status desconhecidos se deve avaliar a real necessidade do procedimento. Somente em casos indispensáveis se deve realizar, caso seja possível adiar ou cancelar. Em casos que não seja possível o cancelamento ou adiamento considerar o espécime como com alto possibilidade de contaminação (risco biológico 3), e tomar os cuidados adequados. Em pacientes sabidamente negativos proceder normalmente. Os profissionais que forem manipular a amostra devem usar: gorro, óculos de proteção ou protetor facial, máscara cirúrgica, avental impermeável, luvas, sapatos fechados e cabelo curto ou preso.

Orientações da ANVISA para profissionais da Saúde

OMS Guia para Laboratórios

Guia de Biossegurança da OMS

Portaria Covid-19

Anatomia BH | Anatomia Patologia Diagnóstica
Politica de Privacidade | Direitos e Deveres do Paciente | Comunicado Covid 19 | Acondicionamento e transporte de amostras

Pesquisa de Satisfação

Nosso objetivo é melhorar cada vez mais a qualidade dos nossos serviços. Sua opinião é muito importante para nos ajudar nessa tarefa. Gentileza responder nossa ésquisa de satisfação. Você é:

Fale Conosco

Devido à pandemia do Coronavírus, informamos que os nossos horários de atendimento serão conforme abaixo:

Laboratório: R. Gustavo Pena, 44 - 7º andar, bairro Horto, Belo Horizonte - MG - Tel.: (31) 3482-8005
Atendimento Segunda a Sexta-Feira: de 08:00 hs às 18:00 hs.

POSTOS DE RECEPÇÃO:

Maternidade Santa Fé: Rua Pouso Alegre 2.111 - bairro Horto, Belo Horizonte - MG - Tel.: (31) 2121-6836
Atendimento Segunda a Sexta-Feira: de 08:00 hs às 18:00 hs.

Área Hospitalar: Rua Rio Grande do Norte, 355, sala 603 - bairro Funcionários, Belo Horizonte - MG - Tel.: (31) 3273-2009
Atendimento Segunda a Sexta-Feira: de 08:00 hs às 12:00 hs.- 13:00 hs às 18:00 hs.

Todos os direitos reservados. © Anatomia BH 2020.

Sistema logo-showsoft